Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2009

Tenho medo.

Tenho medo.

Tenho medo.

Tudo em mim vibra de medo, tudo em mim vibra de êxtase, tudo em mim vibra de ansiedade.

 

Quem me dera não ser gente.

Quem me dera não ser pessoa.

Quem me dera não ser quem sou.

Quem me dera ser quem realmente fui.

 

Ah, doce ilusão.

Carinhosos e presunçosos momentos de alegria.

Alegria revitalizante, alegria livre, alegria falsa.

Fui tua.

Por ti caminhei na escuridão tendo a certeza de pisar em terreno firme.

Por ti, corri até a noite terminar a sua demanda.

Por ti, vivi.

 

Quem me dera ser tua novamente…

 

Quem me dera viver na mentira de um sonho inacabado, por ti proporcionado.

Quem me dera ser quem realmente fui.

Contigo sim, era quem realmente era.

Sem ti sou apenas o que agora sou.

Se pelo menos pudesse voltar a atrás e ser quem fui…



publicado por Janinha às 00:34
mais sobre mim
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO